contato@carlosterra.com.br
depoimento2
foto

TÍTULOS

Graduação em Medicina pela Universidade Gama Filho (1990);
Residência Médica em Clínica Médica no Hospital Geral de Bonsucesso (1993);
Especialização em Gastroenterologia pela Federação Brasileira de Gastroenterologia (1996);
Mestre em Gastroenterologia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (2002);
Doutor em Hepatologia pela Universitat de Barcelona (2008);
Master on Research in Liver Diseases pela Universitat de Barcelona (2008);

ATIVIDADES ATUAIS

Professor de Gastroenterologia da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (desde 2008);
Médico do setor de Gastro-Hepatologia do Hospital da Lagoa – RJ (desde 1996)

 

Sua Historia

O Professor Carlos Terra orienta sua formação pessoal e profissional aliando o conhecimento teórico à visão holística da vida, da Medicina e dos seus pacientes. A opção pela área da saúde encontra motivação ancestral na família paterna que reúne geração de médicos de diferentes especialidades.

No campo profissional desde cedo investiu em sólido conhecimento técnico-científico que o facultasse atuar também na formação de novos profissionais, compartilhando saber. Nesta decisão certamente foi influenciado pela mãe e pela avó, ambas educadoras por vocação, que atuaram na coordenação e direção de uma tradicional escola no Rio de Janeiro. Do pai herdou o respeito e admiração pelas pessoas e a tenacidade para superar desafios.

Sua trajetória profissional iniciou-se logo após a graduação em Medicina, em 1990, quando foi aprovado em concurso público para cursar a Residência Médica na especialidade de Medicina Interna no Hospital Federal de Bonsucesso. Foram dois anos de treinamento árduo que serviram para consolidar a visão clínica da profissão. Concluída esta fase, fez concurso público para médico do Ministério da Saúde, sendo aprovado e iniciando atividades no Hospital Federal da Lagoa, a partir de 1996. Nesse mesmo ano, já orientado à hepatologia, passou no concurso elaborado pela Federação Brasileira de Gastroenterologia, tornando-se especialista na área, titulação à época indispensável aos que pretendiam especializar-se em hepatologia.

O final da década de 90 marca seu ingresso na vida acadêmica guiado pelo mestre, e hoje amigo, Professor José Galvão Alves. A assistência direta aos pacientes nas enfermarias da Santa Casa de Misericórdia do Rio de Janeiro o integrou à rotina docente, atividade que desde sempre o fascinou. Em 1999, foi aprovado no Mestrado da Universidade Federal do Rio de Janeiro – UFRJ -, tendo concluído tese na área de hepatologia, em 2002, sob orientação do Professor Henrique Sérgio de Moraes Coelho, hoje também amigo dileto.

A experiência da pesquisa clínica, vivenciada no Mestrado, o fez completar a pós-graduação no nível de Doutorado. Os contatos no exterior em busca do centro de melhor produção científica na área de hepatologia apontaram a Universidade de Barcelona e o Hospital Clínic de Barcelona, para onde seguiu após ser aprovado como bolsista do CNPq/CAPES. Integrado ao grupo do Professor Vicente Arroyo, um dos ícones da hepatologia mundial com larga experiência e liderança na pesquisa clínica, trabalhou intensamente com esta equipe por cerca de cinco anos. A maturidade acadêmica e profissional conquistada nesta trajetória traduz-se em inúmeros estudos publicados nas mais prestigiosas revistas científicas internacionais da sua especialidade. Sob orientação do Professor Pere Ginès defendeu sua tese de Doutorado, em 2008.

O Dr. Carlos Terra retornou ao Brasil para vincular-se, inicialmente, como pesquisador Pós-Doutor da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ). Desde 2014, integrado por concurso público à universidade, leciona como Professor Adjunto da Disciplina de Gastroenterologia da Faculdade de Ciências Médicas, sendo atualmente responsável pela área de hepatologia desta Disciplina. Concilia a atividade acadêmica de docência, pesquisa e extensão com a prática médica no Hospital Federal da Lagoa e no consultório particular.