contato@carlosterra.com.br
diabete

DIABETES

A glicose é o combustível que as células do corpo usam para obter energia e a insulina é a substância que ajuda o organismo a levar a glicose presente na corrente sanguínea para dentro das células. Dessa maneira a insulina regula a quantidade de glicose no sangue. O diabetes é uma doença crônica caracterizada pela elevação de glicose no sangue em consequência à uma baixa produção de insulina pelo pâncreas ou ao aproveitamento inadequado da insulina produzida, a assim chamada resistência insulínica. Quando a pessoa tem diabetes, o nível de glicose no sangue fica alto (hiperglicemia) e, se esse quadro permanecer por longos períodos, poderá haver danos em diferentes órgãos como fígado, coração, rins, olhos, sistema nervoso e vasos sanguíneos.

Os pacientes diabéticos têm habitualmente baixa percepção do impacto da doença sobre o fígado, uma vez que a esteatose determinada pelo diabetes é frequentemente assintomática. Assim, com alguma frequência, a doença progride de forma imperceptível ao longo de muitos anos até causar danos irreparáveis ao fígado podendo ocorrer o fato do diagnóstico ser feito tardiamente, já na fase de cirrose. Por esse motivo, os pacientes com diabetes ou com diagnóstico de resistência insulínica devem realizar precocemente uma cuidadosa avaliação do seu fígado com o objetivo de impedir essa evolução desfavorável.